verdades

29/07/2013

eu tenho as minhas. vc tem as suas. os outros têm as deles. verdades são como pontes, como passadiços, como atalhos. parecem acenar com um absolutismo reconfortante, com a sensação de que “pronto, chegamos. há um porto”. há nada.

não acredito em verdades e, por isso, me vejo sempre perdida entre os vários lados de cada questão. termino sempre como aquela sem opinião, sem vontade própria, maria-vai-com-as-outras. mas só pq eu acho, sim, que toda opinião vale. opinião e verdade andam juntas, customizadas, adaptadas ao usuário.

queria comprar o caderninho das verdades e emplacar, uma a uma, verdade a verdade, e nunca mais ter dúvida nenhuma, e ir cuidar de outra coisa, bem relax. por hora, nao posso. acredito demais nas inflexões das verdades e elas me ocupam a mente, o corpo, elas definem a minha vida. por elas eu coloco tudo pra jogo. só pela ideia, vaidosa, de verdade.

Imagem

%d blogueiros gostam disto: