a fila

27/08/2010

Último dia trabalhando no agora já extinto Jornal do Brasil.O último ponto final da última frase do último capítulo. ufa!  bom, ruim, como a vida.

Eu nunca fui jornalista de alma, embora o tenha sido pelos inacreditáveis últimos 12 anos. Cantora demais, nem percebi que fiz amigos queridos, que adorava nosso diagramador… ah, coisas que aparecem na hora de pedir a conta. Dernières pensées…

Disso também vou esquecer, como esqueci de tantas outras mil coisas que vivi, pq eu nasci provida dessa qualidade de esquecer.

A fila anda, perigosamente sem endereço de remetência e chegança.

Meninos, to vendo. Anda.

c

%d blogueiros gostam disto: