testemunho

25/08/2011

por que só existem igrejas para reunir aqueles que se sentem pessoalmente atendidos por deus e socorridos por seus supostos milagres? ou para aqueles que estão na fila do atendimento?

Por que não há uma igreja que reúna aqueles que passaram a vida batalhando, se dedicando, crendo em milagres, rezando, pedindo, meditando, fazendo novenas. acendendo velas, fazendo promessas, acreditando fervorosamente, do fundo do ser, sem jamais serem atendidos por ninguém. Para quem nada aconteceu, nenhum milagre foi realizado e nenhuma graça alcançada. Só o dia-a-dia. Mas quanto mais ferrada, mais a pessoa crê. Crer é a tal da última esperança que morre. E professar o não-crer implica o medo de ser ouvido – e castigado – pelo deus-pai. Na dúvida, né? Vai que o cara era o próximo da fila e foi reclamar logo na hora do atendimento.

Fé insuficiente, dirão. Dedicação insuficiente, dirão. E quem detém o medidor de fé e de dedicação? E quem atribui o respectivo resultado? Ah, é o próprio crente que faz tudo? Então fé = atitude.  Para quem consegue/pode/sabe agir. Pra todos os outros, a reza.

Todas as vezes em que fui ajudada, foi por gente que me ama, a quem sou gratíssima. Todos deste plano humano. “A vida é um dom”, dizem, “não seja ingrata”, mas sei que a vida também pode ser um estorvo interminável, um trabalho de Sísifo. Na maior parte das vezes, mesmo focada e correta, não fui soberana, não pude escolher os resultados do jogo, por melhor que tenha jogado. Jogo insuficiente, dirão.

Não adianta a ilusão do timão. Quem navega é o mar.

eu, pelos poderes por mim mesma outorgados, excomungo toda a corja de filhas da puta da santa madre igreja católica e toda a sua linhagem maldita, que espalha pelo mundo as idéias de gente doente e cheia de problemas sexuais graves. É por isso que defendem o padrasto-estuprador da criança, pq eles adoram uma perversão e uma pedofilia. 

Seminaristas, padres, bispos, arcebispos, freiras e esse papa nazista, toda a igreja é conivente, todos merecem meu total desprezo. Que as pragas do Egito recaiam sobre as pessoas que pilotam a igreja e os pobres de espírito que dizem amém ao que o Vaticano prega. Ide tomar nos vossos  cus!  com o perdão da má palavra. Shame on you!

E tem mais: eu quero ser excomungada da igreja, como os médicos que fizeram o aborto na garotinha grávida, não quero ser confundida com essa laia de covardes comedores de hóstia, hipócritas. É nessas horas que eu lamento não haver um deus para lançar sobre eles sua ira. Onde me inscrevo?

%d blogueiros gostam disto: