o bug do milênio

09/07/2016

… ninguém mais compra CD. CD serve só como cartão de visita. Tem que gravar e  disponibilizar tudo, afinal, pra que serve ter um trabalho trancado em casa? Mas sem fazer vídeo, nem adianta, pq video é fundamental hoje em dia. E tem que investir pra viralizar. Patrocinar os eventos, as postagens, os links, os videos. Pra bombar na rede. Bombar não quer dizer vender, é só ter uma chuva de likes, mesmo. Mas, ó, sem gravar CD, vc não vende show, não entra em festival, o trabalho não fica profissional. Tem que ter CD pra vender em show, praquelas pessoas que ainda compram, poucas, mas tem. Ah, tá. Não tem que ter, mas tem que ter. 

ué. Mas as pessoas pararam de ouvir música? Não. Ah, entendi. Pararam de comprar música. E, sem querer, eu passei a fazer um trabalho voluntário para encantar o mundo. 

Não acho justo. Estou há três anos tentando encontrar recursos pra gravar um novo trabalho sem precisar, pela terceira vez, passar o chapéu pelos amigos. Tenho, pelo menos, três projetos na prateleira, sem a menor perspectiva de sair de lá por falta de dinheiro. 

Mas digamos que eu consiga grana pro estúdio e tenha amigos maravilhoso que vão DOAR seu tempo e seu talento pra gravar, fazer arranjo, fazer coro, fazer capa, liberar a parte legal do trabalho, compor canções pra mim, pilotar o estúdio e depois editar, mixar, masterizar. E depois outros amigos incríveis vão emprestar seu equipamento, seu estúdio, sem tempo, suas câmeras, sua maquiagem, seu figurino, pra fazer o tal vídeo. Todo mundo fala: pô, esse é o momento do coletivo, do coworking… Aí, como ninguém compra música, eu pego o meu trabalho e o trabalho dessa gente toda, os dois anos que a gente investiu da vida da gente, e faço um link, em todas as plataformas, pra todo mundo baixar, ver e ouvir, sem pagar, pq ninguém compra música, né? mas tem que pagar pra viralizar, tá? Senão vc não existe como artista. 

Disse o Tremedão: estou sentada à beira de um caminho que não tem mais fim… 

IMG_5973

 

Anúncios

♫ O barato do financiamento coletivo, como o que estou fazendo para levantar fundos pro lançamento do meu CD, é que a gente ganha o poder de escolher o que quer ouvir, e sai da posição passiva, de ouvir a música que escolhem pra gente ouvir. Isso é revolucionário.

Falta uma semana para o fim do nosso prazo. Conseguimos reunir 72% do total. O negócio é fácil, simples e barato. Vc compra seu CD, seu ingresso pro show, e me ajuda a fazer um lançamento bacana. Dá uma olhadinha aí no link.

obrigada ♫

lançamento do CD Jamba, de Andrea Dutra

O show de lançamento vai acontecer na Sala Baden Powell, dia 25 de maio, às 20h, copacabana, RJ.

%d blogueiros gostam disto: