afazeres

16/03/2013

ocupar a potência

reconhecer a impotência

abrir a porta

descobrir a força

encarar a escalada

subir

admitir defeitos

aceitar as falhas

embelezar o feio

negociar os vícios

habitar o corpo

ouvir

assumir o volante

segurar na rédea

rodar o timão

e ir

vida afora

agora

um vento bateu dentro de mim que eu nao tive jeito de segurar

3 Respostas para “afazeres”

  1. pedro said

    Belo, muito belo, Andrea!

    Curtir

  2. Zoca said

    uhuuuuuuuuu

    Curtir

  3. Manoela Marinho said

    lindo Dedeia! Poesia e foto!!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: