a fila

27/08/2010

Último dia trabalhando no agora já extinto Jornal do Brasil.O último ponto final da última frase do último capítulo. ufa!  bom, ruim, como a vida.

Eu nunca fui jornalista de alma, embora o tenha sido pelos inacreditáveis últimos 12 anos. Cantora demais, nem percebi que fiz amigos queridos, que adorava nosso diagramador… ah, coisas que aparecem na hora de pedir a conta. Dernières pensées…

Disso também vou esquecer, como esqueci de tantas outras mil coisas que vivi, pq eu nasci provida dessa qualidade de esquecer.

A fila anda, perigosamente sem endereço de remetência e chegança.

Meninos, to vendo. Anda.

c

Anúncios

10 Respostas to “a fila”

  1. Thaís said

    Não sabia q vc era jornalista, nem que trabalhava no JB. Triste ter que acabar.
    Mas, acho eu, que esquecer mesmo vc não vai não… 😉

    Curtir

  2. thais, clark kent e superhomem.

    Curtir

  3. Pat said

    Nossa, é tristíssimo ver um jornal de tanta história e tradição fechar as portas. Eu também sou jornalista sem muita alma, mas confesso que curti muito minha época de redação: aquela correria,pautas, fechamentos tudo sem internet e celular (imagina só ! )- apenas a velha Remington e o telefone com fio…ehehehe.
    Jornalismo hoje em dia me deprime.

    Curtir

  4. madoka said

    a fila anda com certeza, no fundo o que ficam são ‘as pessoas’, elas ficam né?
    e vc tem alma de artista, da música, pode ser das letras porque escreve super bem.
    e triste mesmo o fim do JB, por que fechou?
    bjs

    Curtir

  5. Zoca said

    Amiga amada, ainda chocada pela ausência inadvertida do piano do Drink ontem, te digo que estou empenhada em refinar minha sintonia com os “sinais” e assim evoluir até o fim dos meus dias. Serei um poço de sincronicidade se a vida me permitir. Abri, portanto, um novo oráculo numérico (de bolso) que adquiri na Livraria Prefácio essa semana. Em seu nome, perguntei concentrada sobre seus rumos, modo de guiar suas ações. Em primeiro lugar, ressalto que caiu na sessão “Trabalho” entre tantas sessões possíveis, e que o número destacado foi #1. Lá vai o texto: “Seja ousado sem ser arrogante. Autoconfiança é fundamental para conseguir convencer os outros. Momento de iniciativa e de tomar a frente de todas as ações. Modéstia agora não é qualidade; alimente sua vaidade e faça seu valor ser reconhecido”. Que tal? Mil beijos

    Curtir

  6. zoca, coisa mais fofa vc oraculando pra mim! isso aí, o negócio é mostrar as cartas. vou refletir 😉 sinchronicity já!

    Curtir

  7. pnamor said

    caralh…”pq eu nasci provida dessa qualidade de esquecer”. eu queria ter dito isto!!!…

    Curtir

  8. pnamor, tá bem, eu te empresto a frase!

    Curtir

  9. carlucho said

    Delícia Déa. Aliás, já conversamos sobre isso.A pior coisa é que não fizemos nada com a matança do JB.Nossa história está indo mesmo para o lixo.
    Bjs 0.2

    Curtir

  10. carlucho, eu, sinceramene, nao dou conta nem da mnha luta, qto mais a do JB… que nao me pertence, né?

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: