on life

06/07/2010

Afinal, que diferença há entre ser jovem e não ser jovem? Quando a gente é jovem, todo mundo é jovem em volta da gente. Até nossos avós. E a esperança mora na juventude. A vida é o porvir, oportunidades que virão, um futuro mágico a descortinar. As pessoas quase não adoecem, ninguém morre durante anos. Mas aí a gente fica adulta e pronto. Cai o rei de ouros, cai o rei de paus, cai,  não fica nada. Ando na rua tentando não olhar em volta, porque o mundo agora me parece todo em despedida.  Não tenho um deus que me rege, não tenho fé religiosa, não acredito em milagres, não acredito em reencarnação, nem em céu, nem em inferno. A vida assim é muito árida, diz a minha mãe. Árida ela é. E olha que eu tenho um vidão…

Tá bem, to chata, falo nisso há mil posts, fiquei até sem escrever pra ver se o assunto mudava, mas não consigo mudar o disco aqui dentro, tb. Sorry, esse blog tb serve pra isso.

restam a música e a praia (e a guinguin)

Anúncios

11 Respostas to “on life”

  1. maray said

    envelhecer derrubou muitos de meus preconceitos. Achava que depois da menopausa não havia vida. Há.
    Achava que velhinhos (depois dos 50 !) só falavam de doenças e se repetiam sem parar. Ledo engano. Só alguns. Depende do velhinho. E das doenças, claro…
    Achava que seria difícil começar coisas na meia idade. Bobagem.
    E, graças a deus, a voz não muda, né Andrea? Já pensou que voz não precisa de óculos nem bengala??
    beijão

    Curtir

  2. madoka said

    ah, restam além da música e da praia a poesia que nos salva…rs.
    Dizia uma amiga blogueira que a vida poderia ser como no teatro, que nós estivéssemos ainda ensaiando para depois realmente estrear com tudo tinindo. Sei lá, a vida é um mistério, estava agora pouco conversando com uma professora, reclamando de trabalhos e tal, e ela me diz que perdeu um filho de 21 anos. Cadê os argumentos nessa hora? Benção pra todos nós que precisamos, como disse outra blogueira.
    bjk

    Curtir

  3. pois é, madoka, a solução é conseguir realmente focar e respirar o aqui e agora, só existe isso, realmente. bjk

    Curtir

  4. elisa said

    que foto…

    Curtir

  5. zoca, esse dia vale um album, uma luuuuuzzz

    Curtir

  6. soraya said

    árida, com esse mar tão molhado? 🙂

    Curtir

  7. poxa, so, eu falei que restam a praia e a música 😉

    Curtir

  8. Angèle said

    E a Guinguin!

    Curtir

  9. a guinguin, sim, sim! amamos guinguin acima de todas as coisas 😉

    Curtir

  10. carlucho said

    Envelhecer é ato de bom jogador.Sabe que vai perder,que vai se ferrar,mas insiste e não se conforma.Se manca. Aí fica jovem pra sempre.Conheço alguns,muito poucos,jovens de 70, 80 anos.Creio que a lucidez diante de um final mais que sabido,porém impossível de ser experimentado, é que difere um tolo de alguém mais sábio.
    Beijo ,0.2

    Curtir

  11. é, amigo,,, envelhecer é obrigatório, né? não temos escolha, fazer o quê? mas nem vem com papo de melhor idade, que não rola…

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: