black is beautiful*

08/09/2009

eu nao tive colegas negros na escola, na faculdade tinha um único negro na turma. Na pró-arte, onde estudei música, também nao tive colegas negros. Professor negro, só de dança e de capoeira ou de pandeiro. Cresci em Ipanema. Os negros da minha infância e juventude eram subalternos, quase sempre. Eu fui a primeira da minha família toda e do meu círculo de amizades a ter um namorado negro.

Felizmente, por causa da minha carreira de cantora, tenho a chance de conhecer pessoas de todos as procedências e frequento  lugares onde tá todo mundo junto e misturado pela música. Tenho amigos de vários cantos da cidade. Aqui no leblon, onde moro, ainda impera o apartheid econômico, os pretos ainda sao subalternos ou da favela. ou ricos e famosos.

Isso tudo pra dizer que fiquei feliz da vida, dia desses, ao entrar na redação de um jornal e ver vários jornalistas negros. Sinto uma espécie de alívio e de felicidade suprema ao pensar que a realidade, não só o discurso, pode finalmente estar mudando.  Racismo meu reparar nisso?

*black is beautiful, música de marcos e paulo sérgio valle. Eu gravei, querem ouvir? tem no myspace:  http://www.myspace.com/andreadutra

preta, preta, pretinha

norman rockwell

Anúncios

6 Respostas to “black is beautiful*”

  1. Beá Meira said

    Andrea,

    A imagem não está abrindo aqui. Mas vejo que é uma ilustração do Normam Rockwell. Fiquei curiosa, tem uma de uma garotinha negra de tranças arrumada, indo para escola escoltada por U S Marhals: The problem we all live with, de 1964, é esta?

    O Veríssimo em seu livro Traçando NY, comenta que os brasileiros se espantam com a quantidade de negros na rua em NY. Ele diz que não há mais negros lá que aqui, apenas os de lá circulam entre nós.
    Sua observação não é racismo não, acho que é um bom sinal!

    Curtir

  2. beá, é essa ilustração, mesmo! é como em salvador, né? todo mundo é negro.

    Curtir

  3. googala said

    black is beautiful, white is delicious, grey is the way?
    ahahah
    bj

    Curtir

  4. googala said

    ah,esqueci do principal: a resposta. Claro que não é racismo seu. Racismo é achar que não existe racismo.
    Um dia seremos todos negros, japoneses e de olho azul

    Curtir

  5. Carlucho said

    Você tem razão na observação que faz,mas o racismo e o assassinato cultural são gerais. Por exemplo: quer coisa mais racista do que cota universitária mediante cor da pele?É um absurdo.Converse com qualquer professor sério( Existe!) que ele lhe contará o drama que vivem nas Universidades por causa disso. Ao invés de investirem no ensino básico pra valer, melhoria nas escolas técnicas, centros de arte, etc, fica essa politicagem de quinta (populista/eleitoreira como sabemos) a gerar ….nada.Na verdade novos racismos.É igual uma certa política de não se reprovar aluno em escola pública.Depois, com cota ou não, eles entram na Universidade que está virando uma espécie de cemitério das idéias.Beijo enorme,0.3

    Curtir

  6. Judy said

    Racismo?
    Imagina.
    Constatação e sensibilidade.

    bj, ótima semana!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: