Fases do coração

02/06/2009

eu tava ensaiando, no estúdio Floresta, com o Moyseis Marques, pro lindo show de lançamento do novo CD dele, Fases do Coração, que fizemos sábado passado no Circo Voador. Um daqueles momentos de glória da vida… O fato é que, em pleno ensaio, a Elisa Addor sacou da bolsa um chocolatinho Alpino, aquele da forminha dourada. Quem viu, arregalou o olho.

Para tudo! Tenho uma reclamação a fazer: o Alpino não é mais o mesmo. Ficou mais doce, mais grudento e mais artificial. Destemperaram o Alpino. Um amigo meu escreveu pra Nestlé e disse: “…vcs acabaram com a minha vida, eu era dependente químico do velho Alpino.  Vou me matar, adeus.”

Mas aí a Elisa tirou o chocolatinho da bolsa e todo mundo arregalou aquele olhão. Eram quase duas horas da tarde, o ensaio tinha começado às 10 da manhã, horário considerado plena madrugada pelos músicos de hábitos noturnos. Todo mundo chega amassado, atrasado, sem comer,  de ressaca e resmungando: isso são horas de estar no mundo?

O fato é que todos arregalaram aquele olho e eu pensei: Também quero chocolate e… eureka! musse, musse de chocolate, musse de Alpino! Quem ouviu, babou com a idéia. E fiz! Confesso que comer musse de chocolate em camarim de estréia é meio engraçado, ainda mais sem ter a aparelhagem necessária, mesmo quando a produção é hipereficiente. Mas eu quis fazer naquela hora, naquele dia, com a vibe do momento e pronto! Quem achou uma colher e uma brecha na emoção e na agitação, pra parar e comer, amou!

Na tentativa de corrigir o erro da Nestlé e desadoçar um pouco o resultado final, usei uma barra de Alpino e uma de chocolate com 53% de cacau, derretidos e misturados lentamente em banho-maria. O sabor ficou maravilhoso, realmente desadoçou. Quando os dois estavam perfeitamente incorporados, desliguei o fogo e misturei duas caixinhas de creme de leite, em temperatura ambiente, com o batedor tipo fouet,  aquele que pode ser de arame ou de silicone, como o meu.

Misturei cuidadosamente até ficar tudo liso e brilhante e lindo. No começo, a massa endurece e dá a impressão de que vai dar errado. A parada embola, fica com uma cara feia, mas persista, ela fica cremosa depois. Só pra saber: essa é uma receita bem basicona do famoso ganache, perfeito pra rechear coisas e/ou comer de colherinha.

Pra virar musse, adiciono claras. Pô, gasta uma graninha aí e compra uns ovos orgânicos! Os ovos Korin são saudáveis e estão à venda nas boas casas do ramo. Bati 8 claras em neve firme e misturei, com o batedor, ao ganache, leeeeeeeentameeeente, até incorporar tudo e desfazer aqueles grumos das claras. Fica mole, só endurece ao gelar. Tá pronta!

Aí, geladeira por muitas horas. Essa musse demora a endurecer mais que as outras (pq o novo Alpino… grrrr)

Em homenagem a uma fofíssima brincadeira e a um apelido que ganhei, aconselha-se fartamente servir essa musse com cerejas ao marraschino, que podem ser picadas, beeem escorridas e misturadas à musse antes dela ir pra geladeira ou podem simplesmente ir por cima de tudo, só na hora de servir. Amo desde criancinha!

E como nada disso seria possível se não fosse pelo CD, eu vos batizo de  Musse fases do coração.

bamba, num samba, do impasse nasce mais uma canção

bamba, num samba, do impasse nasce mais uma canção

P.S.1 Moy, sucesso, forever!

P.S.2 Ah, Vinícius, eu também tenho saboneteiras.

Anúncios

8 Respostas to “Fases do coração”

  1. eu said

    E nesta fase do coração que estava, preocupado com o “muco” e com o horário de início do show, acabei não degustando da sugestiva especiaria, sucesso de público e crítica…..

    Curtir

  2. a receita é nossa, é só fazer e degustar ao som daquele cd do bob, que faz par perfeito… bjs

    Curtir

  3. Beta Pereira said

    UUUHHMMM…Branquinha, quer casar comigo???

    Curtir

  4. beta, no dia em que eu gostar de menina pra casar, eu te aviso! bj

    Curtir

  5. sylvio said

    uma pergunta e um comentário:
    1- voce fez isso tudo no Floresta?
    2- pô, nem pra chamar esse amigo que ja morreu por falta do bom e velho Alpino!

    Curtir

  6. sylvio, faço pra vc em paquetá, prometo e juro.

    Curtir

  7. nao, nao fiz no floresta, fiz em casa, garoto! rs

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: