gozo

15/10/2013

um dia ficou na moda ser grato. e aí é um tal de ter que agradecer por estar vivo, por estar saudável, por ter o que comer, por ter filhos lindos, por ter braços e pernas. o tempo inteiro as pessoas agradecem por tudo. mas no facebook, para tornar publica a gratidão. que graça tem ser grato sem avisar pra todo mundo, a toda hora? ser grato é uma modinha chata.

mas se vc é grato vc é fofo.

ficou na moda, também, espetacularizar a vida. qq festinha é um festão, qq showzinho é um showzão, qq chopinho é uma noitada, qq praia é um praião. uhú! neste mundo pirotécnico, venceu o travecão, que sai sempre por cima, montada, só no carão. tudo é superlativo, pq é obrigatório ser super feliz e super resolvido e super pró-ativo, e fazer sempre programas incríveis, na direção da alegria de viver em 24 qps*, cada quadro uma foto do instagram, explodindo de alegria e felicidade ou fofura ou delícia ou amor ou carinho ou amizade. vida-espetáculo é outra modinha chata.

mas se vc é grato e tem um momento super feliz atrás do outro, vc é uma pessoa fofa e incrivelmente hype.

tem  também a ditadura da auto-estima. vc tem que se amar, se amar muito. a chave de tudo é se achar maravilhosa, se valorizar acima de tudo, a qq preço, atropelando, com orgulho, tudo e todos que ousem não bajular a sua divindade. é viver na base do “eu mereço o melhor pq eu sou maravilhosa”, do “me cuido porque eu sou foda”, é falar “desculpe, estou ocupada demais sendo feliz”, cercada de gente que suuuper te valoriza.

se vc é grato e tem um momento super feliz atrás do outro e ainda se ama acima de todas as coisas, vc é uma pessoa fofa e incrivelmente hype, e ainda por cima é fodona e guerreira (as mulheres adoram esses adjetivos).

perdoem. prefiro gente viva, que desce do salto sem medo de por o pé na realidade. prefiro a massa real. gente que é feliz quando é pra ser feliz, mas que aceita a polaridade da vida, que comete erros, que acerta, que faz merda. que tb se descuida, que tb reclama, que não se acha mais merecedora que outros, que não caga regras de felicidade prêt-à-porter, que sabe que é todo mundo igual, que tb fica puta, que se sente a última das criaturas uma vez ou outra, que ri e que chora, que vai a festas ruins de vez em quando e que, às vezes, nem tem festa nenhuma pra ir. e que não vive desejando que tudo esteja sempre luzindo, estourando em foguetes, pipocando, gliterizando, num eterno por-do-sol de cartão postal, num mundo de tolos.

vida real. eu gosto. eu gozo.

é pau é pedra é o fim do caminho é um resto de toco é um pouco sozinho

 

*qps = quadros por segundo

 

4 Respostas to “gozo”

  1. entojada. entojadinha linda! vc as xx até sou eu. e quase me faz chorar como se eu fosse um fofy desses q fica pagando de super sensível pra enganar meninas super resolvidas: ‘nossa, como ele é fofo. e é tão homem que tem coragem suficiente pra assumir o lado fofo!’…é mentira fofy, ele só quer te comer!
    andrea, dea, deovska: vc as vezes, muitas vezes, até sou eu.
    sua linda, vc completa meu dia, vc me faz pensar: caraca, não tô sozinho nessa porra dessa periferia dessa planetinha azul de periferia de uma estrela de quinta de periferia de uma galáxia linda (mas de periferia também, e é bom q seja assim, e está tão bom assim, mas tem dias ruins pra caráleo as vezes).
    Baci. (como eu tenho quase certeza q vc sabe, o plural em italiano é formado pela letra i (e é por isso q os paulistas erram tanto a colocação do plural nas frases (pela maciça imigração italiana no fim do xix e começo do xx – e foi só a qdo descobri isso q parei de me irritar tanto com esse defeito de meus maravilhosos (cheios de erros e virtudes lindas) conterrâneos)))
    nota de rodapé: vc reparou q, desde a mais tenra infância, as crianças super-dotadas (cérebro veloz como a porra e q se volta contra si e se detona se não tiver alimento, algo assim como os dentes dos roedores, q perfurariam seus cérebros se eles parassem de roer), então, desde a + tenra infância a gente sofre quase quase tanto como os sub-dotados (ok, esses sofrem um pouco mais: ‘lerdo’,’lentinho!’, ‘retardado’! – pq qq mediano (e td ok em ser mediano,nada contra), qq mediano adora achar alguém pra se sentir superior né.
    e com a gente é: – a., pq vc não tá fazendo o dever?
    – já acabei, dona ana…
    -me mostra!
    -aqui.
    -tá certo. mas então pq vc não fica quieto aí e espera os outros?
    -mas eu tô quieto dona ana!
    -tá não, tá mexendo nesse livro aí, q não tem nada a ver com o q a gente tá dando hj! e mexendo nas coisas pra lá e pra cá! e atrapalhando os outros!
    – mas dona ana, eu NAO CONSIGO ficar quieto, tenho q tá sempre olhando alguma coisa! e esse livro eu tô olhando pq me descansa a cabeça…
    -fica quieto. já falei.
    -tá bom…
    porra! toda vez. tantas vezes.e aí vc aceita aquilo né, ficar quieto passa a ser um objetivo. e daí isso t faz tanto mal q só séculos depois, em outra cidade, em outra vida, vc consegue linkar as coisas, qdo um médico diz:
    – o seu maior problema é q vc tem um cérebro como se fosse um carro de corrida e fica forçando ele a ser um carro de tração, um tratorzinho até…olha a sacanagem q vc faz com ele…
    e aí vc pensa: porra, mas dona ana, aquela bruxa, me falou q era pra ficar quieto!

    então…onde eu tava?
    ah. de novo: baci. besos. beijos.
    e um abraço beeeeem apertado.
    pq, assim como vc as xx até sou eu, eu muitas xx até sou vc.

  2. adelson, tb já falei que, muitas e muitas vezes, o que vc escreve poderia ser meu. será que fomos separados na maternidade? ficar quieta é o cazzo, dona ana, é o cazzo!
    bacini ;)

  3. hahaha. sua linda.bj

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 877 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: